O Acelera MGTI estará presente na FINIT, uma das maiores feiras do mundo com foco em tecnologia, inovação e empreendedorismo. Durante o evento, as startups Stella e Conciliadora, participantes dos programas de empreendedorismo gerido pela Fumsoft, irão apresentar seus pitches no Boost Accelerator.

A iniciativa inovadora, que tem como principal objetivo a geração de negócios entre startups e investidores nacionais e internacionais, irá reunir no dia 03 de novembro, no Expominas, cerca de 150 investidores anjo, VC’s, fundos corporativos, como ABVCAP, Accel Partners, Accenture, Acelera Partners, Burnit, Inseed, Triaxis, Aceleratech, ACTIS Capital LLP, Gávea Angels, Anjos do Brasil, BDMG, BMG, Bozano Investimentos, Confrapar, Gera Venture, Grupo Boxx, Red Point e Gávea Capital.

O convite para participar do evento veio no momento certo, na visão do fundador da Conciliadora, Píndaro Lutero. A startup mineira vem trabalhando incessantemente, desde janeiro de 2015, para levar ao mercado um software de conciliação de cartão confiável e fácil de usar. Hoje, a empresa conta com mais de 1.500 empresas como clientes e emprega mais de 20 pessoas.

Para conseguir ampliar seus produtos e a base de clientes, a startup está buscando investimentos e pessoas influentes para ajudar a ultrapassar a meta de 10.000 clientes em 2020. Uma meta ainda tímida pelo tamanho do mercado que é de 5 milhões de lojistas que vendem em cartão. “Estamos empolgados com o convite e esperamos fazer uma boa apresentação a todos. Queremos mostrar que viemos para fazer a diferença. Vamos levar uma ferramenta extremamente útil ao mercado nacional com um preço acessível, que gere economia de tempo e dinheiro aos seus usuários”, comenta Lutero.

A startup STELLA, por meio de um aplicativo que inspira as mulheres a se vestirem de maneira mais adequada ao clima e à ocasião, comemora sua participação no Boost Accelerator. “Estou muito honrada por trazer a STELLA, uma empresa que une tecnologia e moda, para participar de um evento deste porte, que reúne a juventude tech e joga os holofotes a novas iniciativas como a nossa. É para isso que viemos, para nos tornar também mais conhecidos para investidores, para outras startups e empresas. É importante que eventos como esse façam esse papel de conectar startups a empresas e investidores já estabelecidos no mercado, para que todos se ajudem e cresçam juntos, movimentando e renovando assim a economia do país”, ressalta Rejane Lamounier.