Midhaz realiza evento de empreendedorismo e marketing digital

Midhaz realiza evento de empreendedorismo e marketing digital

A startup Midhaz realizou um evento intitulado “Empreendedorismo, Instagram e Você”, focado em apresentar o ecossistema de startups e ensinar conteúdos de Marketing Digital. A noite para quem empreende através do Instagram aconteceu no Acelera MGTI, em Belo Horizonte, no dia 28 de novembro. O primeiro evento da startup contou com mais de 60 participantes e foi um sucesso, todos os ingressos disponíveis foram vendidos com antecedência. Com o auditório lotado, as palestras aconteceram de forma organizada e contínua, o conteúdo seguiu uma linha de raciocínio eficiente e didática. Relevantes e objetivos, os temas abordados foram elogiados pelo público presente: empreendedorismo, ecossistema de startups, dicas de vendas no instagram, anúncios no instagram e como empreender sem ter dinheiro. O evento ainda teve um coffee break, momento de networking, retirada de dúvidas e feedbacks. O cofundador da Midhaz, Henrique Meireles, avalia que realizar um evento como esse, “é uma oportunidade de ajudar as pessoas e compartilhar conhecimento valioso”. Henrique acredita também que, “essa proposta é benéfica para todos, visto que incentiva o empreendedorismo, fortalece o ecossistema de startups e cria oportunidades para pessoas que precisam ganhar dinheiro. O desafio era adaptar a missão da Midhaz para os eventos, que é de melhorar de vida das pessoas através da venda online e ele foi cumprido com maestria”. A Midhaz é um marketplace que conecta fornecedores, lojistas e o cliente final, através de uma plataforma de venda online. Para o lojista, disponibiliza um serviço completo de ecommerce com um catálogo de produtos a preço de atacado, sem necessidade de investir em estoque. Além disso, a startup cuida da logística de entrega e...
Acelera MGTI marca presença no Hack City Belo Horizonte

Acelera MGTI marca presença no Hack City Belo Horizonte

Doze equipes foram desafiadas a desenvolver aplicações que tenham impacto na vida do cidadão belo-horizontino a partir de dados fornecidos pela capital mineira. Os participantes do evento Hack City tiveram 24 horas ininterruptas para criar soluções voltadas para os setores de turismo, cultura, educação, saúde, entre outros. O evento realizado entre 8 e 10 de dezembro, no Hub Minas Digital, no Complexo Cultural da Praça da Liberdade, contou com a participação do Acelera MGTI, representado pelo diretor de Empreendedorismo da Fumsoft, Wilson Caldeira. “Foi possível ver de perto como que as soluções para as cidades podem ser elaboradas por meio da compreensão de dados numéricos, dos problemas que são levantados a partir da visão das pessoas que vivem o dia a dia da cidade e através da orientação de especialistas. Além disso, foi possível conhecer várias soluções com o intuito de resolver problemas simples, mas direcionadas para o contexto de Belo Horizonte”, ressaltou Caldeira. Segundo ele, o trabalho desenvolvido pela Prefeitura de Belo Horizonte e Governo de Minas foi focado na solução do problema. “A experiência de participar como jurado foi muito rica, porque deu a oportunidade de ver as ideias que foram geradas em 24 horas serem transformadas em soluções para a cidade”, pontuou. O Hack City contou ainda com palestras, debates e a participação de empresas ligadas à administração de Belo...
Acelera MGTI é selecionado para o Programa de Incubação e Aceleração de Impacto da Anprotec

Acelera MGTI é selecionado para o Programa de Incubação e Aceleração de Impacto da Anprotec

Dentre as mais de 40 inscrições recebidas, foram escolhidas 26 incubadoras e aceleradoras para participar da 3ª edição do Programa de Incubação e Aceleração, promovido pela Anprotec em parceria com o Sebrae e o ICE, com o objetivo de mobilizá-las a criar estratégias e atrair, selecionar e acompanhar a estruturação de negócios de impacto social e ambiental. As duas primeiras rodadas do Programa foram coordenadas pelo ICE e, a partir deste ano, a iniciativa passou a ter a coordenação da Anprotec. O programa é divido em três etapas. A primeira tem início em dezembro deste ano e término em maio de 2018. Nesta fase, o foco é a capacitação dos participantes na temática de negócios de impacto. Na segunda fase serão selecionados até 10 empreendedores de todo o país para apresentar seus planos de ação. Deles, serão escolhidos apenas cinco vencedores, um por região, que receberão um prêmio em dinheiro no valor de R$ 10 mil para apoiar todo o plano, além de receberem mentoria de associados do ICE, vouchers de serviços do Sebrae e uma inscrição para a Conferência Anprotec 2018. A terceira e última etapa será a fase de acompanhamento, na qual os selecionados receberam apoio para a implementação dos planos de ação, participarão de grupos de aceleradoras e incubadoras do programa e poderão fazer conexões com outras organizações que atuam com negócios de impacto. Veja abaixo os selecionados para a primeira fase do programa: Região Estado Incubadora/Aceleradora Centro-Oeste Mato Grosso Ativa Incubadora Centro-Oeste Goiás Programa de Incubadoras da Universidade Estadual de Goiás – PROIN/UEG Centro-Oeste Distrito Federal Multincubadora do CDT/UnB Nordeste Pernambuco Porto Digital Nordeste Alagoas...
Midhaz – Loja online sem custo mensal e sem necessidade de estoque e logística

Midhaz – Loja online sem custo mensal e sem necessidade de estoque e logística

Promover um ambiente saudável entre fabricantes e revendedores online. Essa é a proposta da Midhaz, startup mineira participante do programa de empreendedorismo Acelera MGTI. A empresa disponibiliza lojas virtuais customizadas e reúne em uma única plataforma diversas marcas estabelecidas no mercado. A loja online é destinada para pessoas que desejam ter uma renda extra através da venda online. O ponto forte da startup são as comissões atrativas oferecidas aos revendedores: cerca de 25% do valor da venda realizada. Além de oferecer consultorias gratuitas por três meses e capacitações para otimização das vendas, a Midhaz faz um acompanhamento constante durante todo o tempo que o revendedor estiver ativo na plataforma. O revendedor investe o valor simbólico de R$49,90 de adesão à plataforma, para ter acesso a um catálogo de produtos a preço de atacado. Ele também pode escolher por quanto deseja vender os produtos para o cliente final, aumentando seu lucro se assim quiser. Já os fabricantes cadastrados não pagam assinatura para terem seus produtos negociados, obtendo acesso a centenas de revendedores para realizar as vendas de seus produtos. Como a Midhaz possui uma parceria formalizada com os correios, o revendedor não precisa se preocupar com a logística para entrega dos produtos vendidos. A própria plataforma faz todo o trabalho referente a administração de estoque e entrega para o cliente. “A Midhaz entrou em minha vida num momento que eu queria uma renda extra. Agradeço pela oportunidade de participar de um negócio tão inovador”, ressalta Guilherme Bremer, revendedor da...
Acelera MGTI marca presença na FINIT

Acelera MGTI marca presença na FINIT

O Acelera MGTI estará presente na FINIT, uma das maiores feiras do mundo com foco em tecnologia, inovação e empreendedorismo. Durante o evento, as startups Stella e Conciliadora, participantes dos programas de empreendedorismo gerido pela Fumsoft, irão apresentar seus pitches no Boost Accelerator. A iniciativa inovadora, que tem como principal objetivo a geração de negócios entre startups e investidores nacionais e internacionais, irá reunir no dia 03 de novembro, no Expominas, cerca de 150 investidores anjo, VC’s, fundos corporativos, como ABVCAP, Accel Partners, Accenture, Acelera Partners, Burnit, Inseed, Triaxis, Aceleratech, ACTIS Capital LLP, Gávea Angels, Anjos do Brasil, BDMG, BMG, Bozano Investimentos, Confrapar, Gera Venture, Grupo Boxx, Red Point e Gávea Capital. O convite para participar do evento veio no momento certo, na visão do fundador da Conciliadora, Píndaro Lutero. A startup mineira vem trabalhando incessantemente, desde janeiro de 2015, para levar ao mercado um software de conciliação de cartão confiável e fácil de usar. Hoje, a empresa conta com mais de 1.500 empresas como clientes e emprega mais de 20 pessoas. Para conseguir ampliar seus produtos e a base de clientes, a startup está buscando investimentos e pessoas influentes para ajudar a ultrapassar a meta de 10.000 clientes em 2020. Uma meta ainda tímida pelo tamanho do mercado que é de 5 milhões de lojistas que vendem em cartão. “Estamos empolgados com o convite e esperamos fazer uma boa apresentação a todos. Queremos mostrar que viemos para fazer a diferença. Vamos levar uma ferramenta extremamente útil ao mercado nacional com um preço acessível, que gere economia de tempo e dinheiro aos seus usuários”, comenta Lutero. A startup STELLA,...