Acelera MGTI recebe novas startups

Acelera MGTI recebe novas startups

Mais uma turma de startups é selecionada para participar do programa de empreendedorismo Acelera MGTI, que possui o maior track record de Minas Gerais. Os 10 projetos escolhidos no edital do ciclo 2017/2018 foram apresentados, na última segunda-feira (09), no auditório MGTI. As startups ficarão residentes, nas instalações do Acelera MGTI, durante os primeiros 12 meses e continuarão com encontros virtuais por um outro período de mais 12 meses. O conjunto de benefícios oferecidos equivale a um investimento, por startup, da ordem de R$200.000,00. Além de receberem consultorias e mentorias com profissionais experientes e qualificados, metodologia fundamentada nos conceitos do Lean Startup e Customer Development, e nos aprendizados com Stanford, as startups poderão participar de programas voltados para o crescimento pessoal e profissional, ter acesso a investidores, networking, a mais de 300 empresas associadas à Fumsoft e Assespro-MG, infraestrutura e localização privilegiada em Belo Horizonte. Confira um pouco sobre o negócio das startups: Just Ride Along – Ambiente de negócios para aficionados por motocicletas. É uma comunidade, uma experiência e uma paixão. A evolução do mercado de 2 rodas. Flingo – Plataforma que garante o menor preço em uma reserva de hotel, mesmo depois da confirmação da reserva. Monitora diversos sites de buscas e avisa o usuário caso um preço mais baixo seja encontrado. Midhaz – Disponibiliza um catálogo de produtos a preço de atacado. O cliente não precisa se preocupar com estoque, logística e burocracia. Suub – A plataforma digital proporciona economia de tempo e dinheiro para quem não gosta de ir ao supermercado, com garantia de preço abaixo da média de mercado e delivery dos produtos adquiridos....
inovaBra: programa de inovação do Bradesco conta com o apoio do Acelera MGTI

inovaBra: programa de inovação do Bradesco conta com o apoio do Acelera MGTI

O Bradesco promove no dia 05 de outubro, um evento que apresentará as iniciativas do inovaBra, seu programa de inovação aberta que dá a oportunidade para as startups trabalharem com clientes reais, testarem soluções na prática e crescerem com escala. O programa já está iniciando sua 4ª edição, mas com o propósito de sempre: fazer da surpresa parte da rotina. O evento contará com a presença da executiva da área de Inovação do Bradesco, Renata Petrovic. Venha se surpreender e conferir as novidades do programa! Onde: Acelera MGTI (Av. Afonso Pena 4000 – 3º andar, Cruzeiro) Quando: 05 de outubro, às 10h}...
27ª Conferência Anprotec aborda empreendedorismo e ambientes de inovação

27ª Conferência Anprotec aborda empreendedorismo e ambientes de inovação

A 27ª Conferência Anprotec de Empreendedorismo e Ambientes de Inovação será realizada entre os dias 23 e 26 de outubro de 2017, no Rio de Janeiro (RJ), no Centro de Convenções Sul América. Comemorando os 30 anos de existência da Associação, a Anprotec e o Sebrae, em parceria com o Parque Tecnológico da UFRJ, realizarão o evento com o tema “Inovação e empreendedorismo transformando cidades”. A programação inclui as Sessões Técnicas Paralelas (STPs), dedicadas à apresentação de artigos completos e relatos de boas práticas, pré-selecionados a partir dos requisitos estabelecidos nesta Chamada de Trabalhos. Adicionalmente, em virtude da celebração dos 30 anos da Anprotec, esta edição da Conferência será marcada pela apresentação de registros históricos dos seus associados, por meio da sessão “Memória”. ...
Acelera MGTI finaliza mais uma edição do Programa de Pré-aceleração PUC Minas

Acelera MGTI finaliza mais uma edição do Programa de Pré-aceleração PUC Minas

A 12ª turma do programa de Pré-aceleração PUC Minas conduzido pelo Acelera MGTI, em parceria como o Instituto de Ciências Exatas e Informática da PUC Minas (ICEI), foi concluído com sucesso. A Join e a Lern foram as startups que concluíram mais essa edição do programa. O Instituto de Ciências Exatas e Informática (ICEI) está animado com os resultados obtidos pelos projetos acelerados, segundo o Coordenador do Programa de Pré-Aceleração de Negócios ICEI – PUC Minas, João Carlos Oliveira Caetano. “Os alunos apresentaram um resultado considerável no planejamento e execução das atividades de suas startups. As duas equipes já conseguiram validar suas ideias e já estão desenvolvendo um MVP para lançar no mercado e tentar monetizar”. De acordo com o Caetano, a Fumsoft representa uma parceria estratégica para o incentivo a novos negócios de base tecnológica. “A proposta de incentivar, motivar, amadurecer e acelerar as ideias dos alunos também é um objetivo do Instituto. O Acelera MGTI com sua metodologia e arrojo em planejamento é fundamental para que consigamos atingir os objetivos propostos”, acrescenta. O coordenador acredita ainda que esses projetos são frutos do resultado dos esforços da comunidade acadêmica fundamentados numa formação humanística, interdisciplinar,com base na pesquisa e extensão. “Quando nossos alunos conseguem perceber suas potencialidades a partir da vivência acadêmica, a universidade valida sua proposta de trabalho. O networking que fazem com profissionais de mercado e outras startups mostra um avanço no conhecimento técnico, nos valores,nas atitudes profissionais e éticas. Isso faz toda a diferença para que possam estar mais engajados com o mercado e disseminando a promoção do bem comum na comunidade em geral”. “O sucesso...
Prêmio Tecnologias de Impacto conta com o apoio do Acelera MGTI

Prêmio Tecnologias de Impacto conta com o apoio do Acelera MGTI

O Prêmio Tecnologias de Impacto abre inscrições para projetos brasileiros inovadores voltados para o desenvolvimento da Internet das Coisas. Promovido pela Qualcomm e com o apoio institucional do INPI, CNPq e CNI, o Prêmio selecionará dez projetos, que ganharão uma semana de imersão em laboratórios e centros de inovação na Califórnia.  A viagem será organizada pelo Instituto Evaldo Lodi – IEL e pela Confederação Nacional da Indústria – CNI. “Alinhado ao esforço empreendido pela Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI) nos últimos anos, a CNI considera o prêmio mais uma importante iniciativa para o aumento da inovação empresarial, principalmente por ser direcionado a uma área tão crítica à competitividade da indústria brasileira como a de IoT”, afirmou a Diretora de Inovação da CNI/IEL, Gianna Sagazio. “O Programa de Imersões em Ecossistemas de Inovação contribui para aproximar a nossa indústria de centros de conhecimento de referência dentro e fora do país e, sem dúvidas, contribuirá para a inserção dos premiados em importantes redes de inovação”. Poderão se inscrever projetos desenvolvidos por empreendedores, inventores, centros de pesquisa, desenvolvimento e universidades brasileiras. Serão elegíveis para a premiação tecnologias inovadoras baseadas na transmissão de dados wireless e soluções de Internet das Coisas. “Atualmente, a Qualcomm fornece mais de um milhão de processadores desenvolvidos para a Internet das Coisas. Isso reflete a capacidade da companhia em inventar e fornecer tecnologias que atendam a demanda da indústria”, disse Rafael Steinhauser, vice-presidente sênior e presidente da Qualcomm América Latina. “O prêmio é uma ótima forma de incentivar a criação de novas soluções desenvolvidas por inventores brasileiros, além de fomentar o cenário nacional de propriedade intelectual e premiar...
Oi apresenta programa de incubação de startups com o apoio do Acelera MGTI

Oi apresenta programa de incubação de startups com o apoio do Acelera MGTI

A Oi, após desenvolver um programa de inovação nos últimos anos, envolvendo startups na criação de soluções inovadoras, lança o Oito – um novo hub de empreendedorismo e inovação no Rio de Janeiro. A iniciativa se posiciona estrategicamente junto ao mundo da inovação, incubando startups em estágio inicial, acelerando negócios mais maduros e até sociais, reunindo a comunidade através dos eventos que serão realizados no espaço, situado em Ipanema. As parcerias incluem Nokia, IBM, Amazon Web Services, CPqD, Firjan, Oi Futuro, Yunus Negócios Sociais do Brasil, CESAR e o Instituto Gênesis PUC-Rio. A sede foi planejada para estimular a troca de experiências, servindo às empresas incubadas, residentes e à comunidade, com agenda de atividades ligadas a economia criativa, incluindo programação de experimentações artísticas liderada pelo Oi Futuro. O hub de empreendedorismo atuará em quatro frentes: o programa de Incubação de startups em estágio inicial, que será coordenado pelo Instituto Gênesis; a seleção de startups mais maduras para aceleração, com acesso à área de coworking e aos parceiros do Oito; o Oito Labs, laboratório para desenvolvimento e teste de soluções da Internet das Coisas em parceria com a Nokia; e um espaço multiuso, voltado para eventos e programação cultural, para inspirar ideias e criar conexões entre pessoas e empresas. O edital de seleção de projetos para o Programa de Incubação de Startups do Oito já está aberto para aporte de até R$ 150 mil para cada projeto selecionado. As inscrições deverão ser feitas pelo site www.oito.net.br até 15 de...