Quer mais prazo para submeter seu projeto no Acelera MGTI?

O prazo de inscrição para ingressar no Acelera MGTI foi prorrogado para o dia 21/07, próxima sexta-feira, visando atender a inúmeros pedidos. O programa irá selecionar e desenvolver startups de base tecnológica que já possuam produtos ou serviços que estejam, no mínimo, em fase de descoberta ou validação do cliente. O objetivo é levá-las a atingir um estágio de validação do problema, da solução e do início da escalabilidade de vendas. Conheça a opinião de quem já passou pelo Acelera MGTI e saiba porque Eduardo Ferreira, CEO da ContSelf, e Tiago Aroeira, CEO do Rectrix, recomendam a participação do programa de aceleração. Ficou interessado em ingressar no Acelera MGTI? Submeta aqui seu projeto e baixe o edital e as alterações na íntegra. Ainda restam dúvidas sobre o programa, entre em contato no e-mail...
BioSmart apresenta sua solução para o mercado europeu

BioSmart apresenta sua solução para o mercado europeu

A BioSmart foi uma das duas startups selecionadas da 2aRodada do programa de Economia Criativa da Samsung & Anprotec para participar do Brokerage Event do INCOBRA, em Enghien-les-Bains, na França. Com foco em Internet das Coisas (IoT) aplicada nas áreas da saúde e bem-estar, o evento aconteceu entre os dias 5 e 7 de julho. Foi um momento propício para a startup validar o modelo de negócios e o grau de inovação do MovSmart, produto que monitora e melhora os treinos nos equipamentos de musculação, inovando ao fornecer automaticamente informações detalhadas e precisas sobre os exercícios executados, além de manter armazenado todo o histórico de evolução. Os founders da BioSmart tiveram ainda a oportunidade de contactar diversas startups com o objetivo de unir forças e aumentar a capacidade de entrada no mercado europeu. “Durante o segundo dia do congresso, expomos o produto para os participantes, conversamos com empresários de grandes empresas, empreendedores, responsáveis por incubadoras, e o público em geral de várias nacionalidades”, comentou a empreendedora Eliane Borges Vaz. Além da participação no congresso, o time da BioSmart aproveitou a viagem para visitar academias e analisar a jornada do usuário, com intuito de identificar as diferenças e validar a solução proposta para o mercado europeu. Foi possível definir o público-alvo e conhecer as tecnologias disponíveis e utilizadas nas grandes academias europeias. “Conversamos com os responsáveis pelos projetos de internacionalização da Paris&CO – Agência de Desenvolvimento Econômico e Inovação de Paris e de Le Tremplin, uma das incubadoras da Paris&CO, focada em inovação e tecnologia para esportes, para identificar possibilidades de internacionalização do MovSmart”, contou Eliane. Programa da Samsung – Com a participação no...

Fumsoft firma parceria com rede internacional de inovação

A Fumsoft agora faz parte da rede BIN@, um grupo que promove a inovação e a internacionalização de empresas de base tecnológica. Fundada, em 2010, pelas universidades do Porto (Portugal), Sheffield (Inglaterra) e USP (São Paulo), a rede atua com foco na identificação de oportunidades, na organização de missões científicas, tecnológicas e na criação de condições para a internacionalização de startups nascidas em ambiente acadêmico. Para Pedro Coelho, coordenador de P&D e Inovação da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, co-fundador e coordenador geral da rede BIN@, a Fumsoft é uma instituição que desenvolve programas nas áreas de empreendedorismo (aceleração de startups), qualidade, internacionalização, inovação e que tem como missão induzir o desenvolvimento da cadeia produtiva da tecnologia de informação em Minas Gerais. Por ser um parceiro muito alinhado com a estratégia e missão da rede BIN@ pode alavancar a participação de instituições do estado nas atividades do grupo. “A Fumsoft poderá ter um papel fulcral no alinhamento de interesses das empresas de TI de Minas Gerais com outros parceiros da rede BIN@. Foi com entusiasmo que acolhemos a entidade como associado da rede, estou certo que todos teremos a ganhar com essa colaboração”, completa. Conexões – Segundo Coelho, anualmente e alternadamente, uma das universidades fundadoras da rede BIN@ organiza um evento internacional, visando a dinamização das atividades do grupo e para proporcionar condições para o desenvolvimento de parcerias com valor econômico e impacto social. O programa desses eventos inclui um conjunto de sessões abertas, ações temáticas, workshops, desafios de design e desenvolvimento de produto, uma mostra de tecnologias e outros eventos complementares, com acesso livre e gratuito. “Este...

Alunos do Programa Raízes da FDC conhecem o Acelera MGTI

Estudantes participantes do Programa Raízes da Fundação Dom Cabral estiveram, no Espaço MGTI, para conhecerem de perto a atuação da Fumsoft e do Acelera MGTI, na tarde do dia 2 de junho. Os estudantes tiveram a oportunidade de compreender o funcionamento de um ecossistema de empreendedorismo e as características básicas de um negócio. Flávia Guerra, Gestora do Programa MGTI, iniciou o encontro com uma palestra sobre a criação de startups e o processo de aceleração. A temática “desenvolvimento de software e programação” também foi explorada, na ocasião, ao ser apresentada pelo empresário Rodrigo Sol. Já os empreendedores Eduardo, Rafael e Douglas, que estão à frente de startups aceleradas pelo programa Acelera MGTI, compartilharam seus projetos e suas experiências pessoais. Por fim, os alunos receberam informações sobre o trabalho de formação profissional desenvolvido pela UAITEC. Criado pela Fundação Dom Cabral, em 2011, o Programa Raízes é voltado para jovens trabalhadores entre 15 e 18 anos com o objetivo de propiciar acesso a conteúdos humanistas e de diferentes áreas do conhecimento, não acessíveis na escola tradicional, na expectativa de que eles se tornem atores e autores do próprio processo de inclusão, segundo Rafaela Araújo, responsável pelos projetos Sociais da Fundação Dom Cabral. “O empreendedorismo é um dos temas trabalhados no programa, no módulo Raízes dos Negócios. Como parte da metodologia dialógica e experiencial os jovens realizaram a visita ao MGTI, com o intuito de aprenderem e conhecerem na prática como os empreendedores da área de tecnologia criam e operam seus negócios. Essa metodologia facilita o entendimento sobre as temáticas abordadas e desperta o interesse dos jovens que podem vivenciar os assuntos...

Acelera MGTI gradua startups do ciclo 2016/2017

Mais um ciclo do programa Acelera MGTI foi concluído com sucesso e expressivos resultados. Gerenciado pela Fumsoft, entidade com mais de 20 anos de experiência em empreendedorismo, o programa potencializou projetos inovadores de seis startups: Conciliadora, ContSelf, Homix, Rectrix, Virturian e WorldSense. Os empreendedores finalizaram essa etapa com a missão cumprida, compartilharam as lições aprendidas e listaram os desafios que terão pela frente, no evento de graduação conduzido pela gestora do Acelera MGTI, Flávia Guerra, e pelo diretor de Empreendedorismo da Fumsoft, Wilson Caldeira. A comemoração foi brindada com pizza & beer, no Café Bar Roda de Ideias, no dia 30 de maio. #GradueiAqui – A Conciliadora, plataforma que realiza de forma automatizada a conciliação de vendas em cartão de crédito de varejistas e e-commerce, cresceu de forma exponencial e encerrou a sua participação no programa com a conquista de 600 clientes, 50 novos a cada mês. “Entramos na aceleradora com o objetivo de iniciar as vendas com rapidez. No entanto, aprendemos logo no início sobre a importância do ato de planejar para alcançar os resultados esperados”, comenta o analista sênior, Alnio Helenio. Automatizar os processos, expandir os canais de venda para todo o país para alcançar 10.000 clientes, até 2020, são as metas da Conciliadora. Conectar profissionais liberais e empresas de contabilidade, tornando a gestão do livro caixa mais ágil e inteligente, com economia de até 40% de impostos na declaração de IRPF. Para colocar em prática essa proposta de atuação inovadora, a ContSelf teve que mudar o modelo de negócio e ajustar seu produto. A missão agora é estruturar o processo comercial, escalar o produto e buscar parcerias estratégicas. “O processo de aceleração foi essencial,...

5 motivos por que a conciliação de cartões automatizada é precisa

Atualmente, muito se fala sobre sistemas que fazem conciliação de vendas com cartões. Mas você sabe o porquê de automatizar esse processo e como isso o torna mais preciso? Com o aumento constante dos pagamentos com cartões de crédito e benefício, a demanda por um controle mais preciso só tende a aumentar. E por isso, vou detalhar 5 motivos por que a conciliação de cartões automatizada é precisa. Informações direto das operadoras de cartão A Conciliadora audita suas vendas com cartão com informações recebidas diretamente das operadoras e os trafega com o mesmo nível de segurança dos bancos. Ou seja, toda a auditoria é 100% fidedigna com o que de fato as operadoras trabalham. Por exemplo: Se uma venda realizada em sua loja não foi processada corretamente pela operadora de cartão, na Conciliadora você irá identificar essa divergência e poderá argumentar à sua operadora garantindo assim o recebimento desta venda. 2. Controle das taxas cobradas Com a conciliação de cartões automatizada, você tem controle de todas as taxas cobradas em cada uma das bandeiras que você realizou vendas e também acompanha com precisão todos os custos com maquinetas. Hoje em dia já é possível utilizar uma menor variedade de terminais de cartão e, ainda assim passar a maior parte das bandeiras no mercado, graças ao fim da exclusividade de bandeiras em maquinetas de cartão. Contudo, essa facilidade não unifica as taxas das diferentes operadoras de cartão e por isso, você precisa ter esse controle! É importante lembrar, que ao contratar um sistema que faça a conciliação automatizada para sua empresa, você deve acessar os relatórios semanalmente por exemplo, e avaliar se de fato...